Baterias e Pilhas

Uma pilha ou bateria é um dispositivo que transforma energia química em energia elétrica. Os termos são usados indistintamente, no entanto, Pilha é constituída por dois únicos elétrodos, Bateria é composta por um conjunto de pilhas agrupadas em série ou paralelo.

A pilha tem três partes: os elétrodos, o eletrólito e o recipiente.

Os elétrodos são os condutores de corrente da pilha.
O eletrólito é a solução que age sobre os elétrodos.
O recipiente guarda o eletrólito e suporta os elétrodos.

 

Símbolo PilhaSimbolo Bateria
simbolo pilha simbolo bateria

 

Existem dois tipos básicos de pilhas.

pilha
Pilha

A pilha primária é uma pilha na qual a reação química acaba por destruir um dos elétrodos, normalmente o negativo. A pilha primária não pode ser recarregada.

A pilha secundária é uma pilha na qual as ações químicas alteram os elétrodos e o eletrólito. Os elétrodos e o eletrólito podem ser restaurados à sua condição original pela recarga da pilha.

Ação Eletroquímica é o processo de conversão de energia química em energia elétrica.
O ânodo é o elétrodo positivo de uma pilha.
O cátodo é o elétrodo negativo de uma pilha.

Vida útil de uma bateria

A duração da bateria com um rendimento satisfatório (80% da sua capacidade nominal). É medido em pelo número de ciclos de carga/descarga e idade(anos). São muitos os casos em que se continua a usar uma bateria em fim de vida, o resultado mais evidente é o pouco tempo de funcionamento.

Declínio da capacidade

Utilização, alterações químicas, envelhecimento e falta de manutenção, diminuem a quantidade de carga que uma bateria pode suportar. Quando a capacidade fica em 60 a 70% da carga máxima, a bateria requer substituição.

Autodescarga

Todas as baterias vão descarregando mesmo não estando a alimentar um circuito. As baterias com base no níquel, descarregam, normalmente, até 15% da sua carga nas primeiras 24H e, após o primeiro dia, 15% a cada mês. As baterias de iões de lítio, têm uma autodescarga mais baixa em comparação com o níquel, 5% no primeiro dia e 1 a 2% por cada mês. As de chumbo ácidas, 5%. Se reparar que uma bateria perdeu alguma carga mesmo desligada, isso não significa que esteja avariada. O aumento da temperatura é uma das causas para uma descarga elevada, a cada 10ºC, aproximadamente, a taxa de autodescarga quase que duplica. Também a idade altera significativamente. Enquanto um elemento de NiCd funciona em boas condições mesmo depois de 1000 cargas, um elemento de NiMh, deteriora-se bastante acima dos 350/400 ciclos de carga. Quando a autodescarga começa a ter valores elevados, pouco se pode fazer para reverter uma vez que surge sobretudo pela alteração física dos materiais constituintes do elemento.